sexta-feira, 15 de maio de 2015

Primeira faculdade do Brasil em aldeia indígena será inaugurada nesta sexta


14/05/2015                       23:48

Antonio Marques

Neste primeiro momento serão atendidos 40 alunos no curso de graduação em Pedagogia, no Polo da UAB (Universidade Aberta do Brasil) Japorã, localizado na aldeia Porto Lindo. Segundo o prefeito Vanderlei Bispo, o curso será oferecido no sistema de EAD (Educação à Distância), ofertado pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), com aulas presenciais no polo da UAB, que funciona na extensão Joaquim Martins, na aldeia Porto Lindo, onde já funciona a escola indígena da aldeia, inaugurada recentemente. 

A cidade de Japorã, a 487 km da Capital, vai inaugurar nesta sexta-feira (15) a primeira faculdade do Brasil a funcionar dentro de uma aldeia indígena. 

O projeto foi viabilizado por meio de parceria entre a Prefeitura, UFGD e o governo federal, por meio da UAB, com autorização do Ministério da Educação e da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). 

Conforme o secretário municipal de Administração, Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Walter Silva, com a inauguração, o município vai reivindicar a abertura de uma segunda turma de Pedagogia para iniciar em 2015. 

“Temos uma demanda alta para educação infantil e a educação fundamental, uma vez que nossa taxa de natalidade é alta no município. Se formarmos apenas 40 alunos por ano, vai faltar professor em nossas escolas”, comentou. 

Dos 40 alunos que participam da aula inaugural nesta sexta-feira, 20 são indígenas da etnia Guarani. A população indígena no município é de aproximadamente 4,9 mil índios da mesma etnia, cerca de 63% dos habitantes de Japorã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário