terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Aprendendo sobre a importância da diversidade


27/02/2018                    12:17



ARTIGO

Por; Sander Barbosa Pereira


Ao analisarmos etimologicamente a palavra diversidade, podemos constatar que, de acordo com o Minidicionário Aurélio (2004), diversidade significa qualidade ou condição do que é diverso, diferença, dessemelhança, divergência, contradição, multiplicidade de coisas diversas, existência de seres e entidades não idênticos, ou dessemelhantes, oposição. 

Reconhecer essa complexidade que envolve a problemática social, cultural e étnica é o primeiro passo, fortalecer e valorizar a diversidade cultural é atuar sobre um dos mecanismos de discriminação e exclusão. 

A afirmação da diversidade é traço fundamental na construção de uma identidade nacional que se põe e repõe permanentemente, tendo a Ética como elemento definidor das relações sociais e interpessoais.  

É importante observarmos que a diversidade humana está posta desde os primórdios da humanidade, mas apenas a partir do final do século XX é que a sociedade se dá conta desta especificidade, declarando que os seres humanos não são iguais. 

As culturas são produzidas pelos grupos sociais ao longo das suas histórias, na construção de suas formas de subsistência, na organização da vida social e política, nas suas relações com o meio e com outros grupos, na produção de conhecimentos etc. 

A diferença entre culturas é fruto da singularidade desses processos em cada grupo social, “Temos o direito de ser iguais sempre que as diferenças nos inferiorizem, temos o direito de ser diferentes sempre que a igualdade nos descaracterize” Boaventura Santos.

De fato a diversidade é o reconhecimento da pluralidade de culturas presentes nas sociedades, ainda que os debates sobre o tema sejam aprofundados e ás vezes acalorados, temos uma grande certeza de que carregaremos uma grande missão pela frente.

No nosso cotidiano a diversidade e a diferença tem papel relevante na vida social brasileira entre suas diferentes características regionais e manifestações de cosmologias que ordenam de maneiras diferenciadas a apreensão do mundo, a organização social nos grupos e regiões, os modos de relação com a natureza, à vivência do sagrado e sua relação com o profano.

* Nota de rodapé

  Consultamos o minidicionário Aurélio, 2004 para exemplificar os vários significados da palavra diversidade.  Boaventura Santos enfoca o real sentido das diferentes culturas

O campo e a cidade propiciam às suas populações vivências e respostas culturais diversas, que implicam ritmos de vida, ensinamentos de valores e formas de solidariedade distintas.

 Em outras palavras, a diversidade é condição permanente de desenvolvimento da humanidade e por isso, as dessemelhanças entre sociedades e grupos não desaparecerão (cf. MAGNANI, 1996). 

Os processos migratórios colocam em contato grupos sociais com diferenças de fala, de costumes, de valores, de projetos de vida.

Segundo Laraia (2008) o ponto de partida é, por um lado, a constatação da unidade genética (biológica) dos seres humanos e, por outro lado, a imensa diversidade cultural produzida por estes mesmos seres humanos, os quais possuem algumas características comuns aos demais seres vivos.

Seres diversificados, seres de incompletude, seres em aberto, seres em relação, ação e interação com seu meio.

Por fim a questão da diferença é geralmente propagada na constituição e hierarquização desses diversos significados.


   * Nota de rodapé

   Citamos (cf, MAGNANI, 1996) para reforçar a questão da diversidade, e Laraia (2008 ) para exemplificar também  a diversidade cultural     




Sander Barbosa Pereira – Licenciado e Bacharel em Letras – UNIDERP
Pós - graduado em Antropologia e História dos Povos Indígenas - UFMS







Referências

Minidicionário Aurélio  2004
Aguilera Urquiza, Antônio Hilário, Pereira, Levi Marques, Prado, José Henrique 
Parâmetros Curriculares Nacionais – Pluralidade Cultural
CAPÍTULO I - Antropologia, Diversidade e Alteridade.
DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO: 
PROFESSORA PDE: Ivone Aparecida dos Santos, EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE: Uma prática a ser construída na Educação Básica

Nenhum comentário:

Postar um comentário