sábado, 31 de agosto de 2013

MPF investiga ameaça de morte a cacique de Dourado - MS

Imprimir esta página

31/08/2013         22:25

Do G1 MS

Liderança da aldeia Jaguapiru recorreu ao órgão e pediu proteção policial. Índios foram ouvidos e inquérito foi instaurado para investigar o caso.


MPF investiga ameaça de morte a cacique de Dourados, MS (Foto: Divulgação/MPF)
Getúlio de Oliveira é cacique da aldeia Jaguapiru em Dourados. (Foto: Divulgação/MPF)

O Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul (MPF-MS) instaurou inquérito para investigar a ameaça de morte ao cacique Getúlio de Oliveira, da aldeia Jaguapiru, na reserva indígena de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. 

A liderança indígena recorreu ao órgão para pedir proteção policial. O guarany-kaiwá denunciou ao MPF ter recebido ameaça de morte por desconhecidos. 

Familiares do indígena também foram ouvidos e disseram que o cacique foi procurado por homens por diversas vezes nesta semana. 

Conforme o MPF, dois parentes de Oliveira relataram que receberam oferta de R$ 500 para dar informações sobre a liderança. 

Um dos homens teria dito que “queria a cabeça” de Getúlio. Ainda de acordo com informações do órgão, indígenas relataram a movimentação de desconhecidos na aldeia entre os dias 6 e 7 de agosto. 

O cacique solicitou a presença da Força Nacional para garantir a segurança na reserva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário