quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Produtores e indígenas chegam a acordo sobre conflitos no Estado

Imprimir esta página

07/08/2013          16:30

Reunião entre a comissão sobre os conflitos indígenas no Mato Grosso do Sul aconteceu nesta quarta-feira em Brasília. Foto: Divulgação/ Abr
 O governo federal vai repassar ao governo do Estado recursos para compras de propriedades rurais destinadas à ampliação ou criação de novas áreas indígenas em Mato Grosso do Sul. 

A definição foi apresentada em audiência entre lideranças rurais, indígenas e do governo estadual com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (6). 

Inicialmente serão destinados recursos para compra de áreas na região da Aldeia Buriti, em Sidrolândia, atendendo demandas da etnia Terena, e algumas áreas pleiteadas pelas etnias Guarani. 

As definições dessa compra emergencial serão anunciadas na terça-feira (13), quando José Eduardo Cardozo e o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, virão novamente ao Estado. 

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Eduardo Riedel, avalia o resultado da audiência com otimismo, mas com cautela. 

"Não é a solução pronta e acabada, mas é um caminho que está sendo construído com todos os envolvidos e que tem fundamento", considera.

 Fonte: Gabriel Kabad - Capital News (www.capitalnews.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário