sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

INDIO E MEIO AMBIENTE TUDO A VER

10/02/2012   07:00
ARTIGO 

A preservação do meio ambiente é uma das questões mais preocupantes e dentro destes contextos se pensam através de tratados como o de Kyoto que visa  a diminuição de poluentes na atmosfera e assim por diante, estamos chegando ao Rio + 20 que segue os mesmos passos da ECO 92 que naquela década causou grandes alvoroços e comoção mundial. 

De fato sabemos que preservar é uma necessidade urgente e legitima para a sobrevivência da raça humana no planeta terra. Do ponto de vista preservacionista o indígena carrega dentro de si o dom de proteger seu habitat em que vive, pois entende que isto é parte vital de sua sobrevivência e garantia de vida às futuras gerações e suas descendências. 

Os constantes desmatamentos que atualmente estão ocorrendo na Amazônia legal ao alto pantanal e nhecolândia sulmatogrossense, ao avanço das usinas de álcool nos preocupa em muito, pois está ocorrendo um desequilíbrio perigoso não somente aos povos indígenas, mas à sociedade num todo.

 Há necessidades prioritárias de se controlar e vetar a emissão de licenças para barrar o avanço destas indústrias que causam estragos irreparáveis nos biomas do nosso pais. 

O código florestal para os povos indígenas é ainda uma incógnita e que também nos deixam descrentes quanto a seus resultados de pequeno, médio e longo prazo. 

Garantir aos povos indígenas a demarcação de seus territórios é o mesmo que garantir a preservação de todo um ecossistema e seus biomas.

 Hoje sem sombra de duvida e sem medo de ser feliz, podemos dizer que após 512 anos de massacres, genocídios e opressões, os povos originários deste Brasil continuam com os mesmos propósitos de seus ancestrais há séculos atrás, ou seja, de propagar a manutenção de suas culturas e religiosidades e o seu modo de viver e ser milenares. 

Então podemos afirmar sem medo de errar que índio e meio ambiente tem tudo a ver com a preservação da terra e suas riquezas naturais.


 SANDER BARBOSA PEREIRAATIVISTA INDIGENA, COORDENADOR DO SETORIAL INDIGENA DO PT REGIONAL DE MATO GROSSO DO SUL, PRESIDENTE DA ONG INDIGENA CENTRO SOCIAL DE CULTURA NATIVA-MS, MEMBRO DO CMDDI-CG CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DOS INDIOS DE CAMPO GRANDE - MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário