quinta-feira, 28 de julho de 2011

Após incêndio, índia de 110 ano é socorrida por Rede de Proteção do Pantanal

Ana Paula Carvalho





Na última segunda-feira (25), a índia guató Julia Caetano, de 110 anos, foi socorrida durante uma ação articulada pelas Reservas Particulares do Patrimônio Natural que integram a Rede Compartilhada de Proteção do Pantanal.

O filho da indígena, de 66 anos, disse que saiu para pescar e quando voltou encontrou a mãe desacordada na cama. Uma tábua dentro da casa havia pegado fogo.

A índia que é cega e não anda mora isolada com o filho, às margens do Rio Cuiabá, na divisa de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Ela estava desmaiada dentro do barraco onde mora, quando foi encontrada.

Com a ajuda de um vizinho, ele conseguiu contato com o chefe do Parque Nacional do Pantanal, José Augusto Ferraz, que disponibilizou uma embarcação da rede. 

Ela foi levada para Corumbá e internada no Hospital de Caridade com queimaduras nas mãos, pernas e abdômen. Ela se feiriu ao tentar apagar o fogo.

A índia terá alta nesta quinta-feira. Ela e o filho se recusaram a deixar o lugar onde moram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário