quarta-feira, 17 de agosto de 2011

III Conferência de Segurança Alimentar discute tema voltado à população indígena


Imprimir essa página

Noticias MS/JG

A III Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Mato Grosso do Sul, que começou na manhã desta quarta-feira (17), prossegue com os debates com tema voltado à população indígena, além da aprovação do regimento interno da Conferência. Este ano, o tema é “Alimentação Adequada e Saudável: Direito de Todos”.

O regimento interno da Conferência foi aprovado, através de debate democrático e voto dos participantes. Em seguida começou a mesa redonda que teve como tema central os avanços, ameaças e perspectivas para a efetivação do direito humano à alimentação adequada e saudável em população indígena.

Romiro Martins, índio da Aldeia Jaguapiru, em Dourados, opinou que uma das ações imediatas para resolver os problemas nutricionais dos índios seria a construção de tanques para criação de alevinos. “A questão da terra e da alimentação dos índios é um problema que se prolonga por anos e anos. Não há terra suficiente para plantarmos, mas há espaço para criação de alevinos", afirmou Romiro.

A técnica da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai/MS), Sheila Gomes de Alcântara, disponibilizou dados de diagnóstico, monitoramento e avaliação da segurança alimentar e nutricional dos povos indígenas. Ela também demonstrou as atividades do ‘Programa Conjunto’, que através de ações feitas por gestores municipais e estaduais levaram às comunidades qualificação profissional, capacitação, oficinas, com o objetivo de qualidade de vida e geração de renda.

A abertura da Conferência contou com a presença do governador André Puccinelli, que sancionou a Lei do Sistema Estadual de Segurança Alimentar e disse que não medirá esforços para proporcionar a toda população sul-matogrossense uma alimentação adequada e saudável; da secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Tania Mara Garib, além de diversas autoridades.

A Conferência é preparatória para a IV Conferencia Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional a ser realizada no período de 7 a 10 de novembro, em Salvador (BA), sendo que Mato Grosso do Sul poderá levar suas propostas e participar com 39 delegados.

Em discussão estão: elaborar propostas para construção da Política e do Plano Estadual na perspectiva do direito humano à alimentação adequada e subsidiar propostas, propiciar o intercambio e troca de experiência entre os participantes e eleger os delegados que representarão o Estado na IV Conferência Nacional.

A III Conferência Estadual é promovida pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea/MS), por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).


O evento acontece no Grand Park Hotel até amanhã (18), das 7h30 até as 17 horas – na avenida: Afonso Pena, 5.282 – Chácara Cachoeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário