terça-feira, 4 de outubro de 2011

Índios libertam funcionários da Funai mantidos reféns no RS

IMPRIMIR ESTA PAGINA

 - Atualizado em 04/10/2011

Grupo foi à reserva para o lançamento de casas na aldeia. Índios reivindicam construção de mais casas e a demarcação de terras.


Os índios guaranis aproveitaram uma cerimônia de entrega de casas na aldeia para fazer reféns dirigentes da Funai no Rio Grande do Sul. 

O presidente nacional da Funai, Márcio Meira, e representantes da entidade chegaram à reserva Estiva no final da tarde da segunda-feira (03) para o lançamento de casas na aldeia, mas acabaram retidos. 

A manifestação foi considerada pacífica. Os índios mantiveram o presidente da Funai e os representantes da fundação presos em uma sala e disseram que os reféns só seriam liberados quando as reivindicações fossem atendidas. 

Os 14 funcionários da Funai foram liberados depois de oito horas de negociação. Pelo acordo firmado, os pedidos dos índios de construção de mais casas e de demarcação de terras serão estudados pela instituição. 

Do Globo Rural

Nenhum comentário:

Postar um comentário